quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Workshop na Alhambra Moveis 25/07/12


Vou começar falando de 

SERGIO FAHRER
(Porque vocês vão entender o que é ser um icone e uma referência para nós e no mercado)

Considerado um dos mais expressivos nomes do design contemporâneo brasileiro, Sergio Fahrer, de 45 anos, atua no mercado desde 1998. Conta com uma produção extensa e consistente – já criou centenas de desenhos, vários deles premiados. Destaca-se pelo design inconfundível, que une preocupação ecológica com a busca de novas tecnologias para responder ao traço orgânico de seu desenho. A característica mais forte do seu trabalho é a madeira curvada.

Seu interesse pelo design começou quando recebeu uma oferta irrecusável de compra da sua bem-sucedida empresa de engenharia eletrônica. Ele foi morar nos Estados Unidos. De 1992 a 1995, estudou na Musician Institute of Technology (MIT), em Los Angeles. Na faculdade de música, trabalhou como luthier, fabricando instrumentos musicais, e ali aprendeu os princípios da multi-laminação. (aplicando o que sabia sobre engenharia eletrônica  nos instrumentos) Foi na luthieira que criou a sua primeira peça, a cadeira BLUES, (Porque quando estudava musica nos EUA, sentia muitas dores nas costas. e Assim, pela necessidade fez uma cadeira que conseguisse aguentar o peso e dar conforto para o trabalho na Lutheria) que fez sucesso nos Estados Unidos e marcou o início da sua carreira.

Quando voltou ao Brasil, já reconhecido por sua técnica e traço, dedicou-se totalmente ao design. Desde então, não parou mais.
A falta de matéria-prima e tecnologia disponível no Brasil dos anos 90 representou para Sergio um estímulo. Ele buscou na luthieria, na confecção de instrumentos musicais, a técnica para curvar a madeira e criar a tecnologia inédita da multi-laminação no mobiliário. O MDF de finas espessuras foi uma alternativa às lâminas de madeira natural, que, no Brasil, está sendo extinta pela extração predatória.

Sergio foi um dos primeiros designers brasileiros a difundir e receber o selo do FSC. Ele também criou uma laminação de tecidos entre placas de vidros para tampos de mesa, e inovou ao usar o alumínio 99 (material empregado em aviões) nas bases de suas peças. Trata-se de um material extremamente resistente, que não precisa de solda e não perde o brilho. Na coleção de 2008, lançou a fibra de carbono mista, até então utilizada apenas nos carros de Fórmula 1.

 De grande resistência e elasticidade, pode receber qualquer pintura automotiva – o vermelho Ferrari, o amarelo Lamborghini e o prata da Mercedes, por exemplo. Hoje, todos os seus móveis usam processos e materiais recicláveis e ecologicamente corretos.
A técnica de multi-laminação de MDF foi patenteada mundialmente. Sergio é um dos poucos designers a conseguir registro de tecnologia no mercado nacional. Além disso, todos os seus desenhos têm patente e registro nacional e internacional.

O trabalho de Sergio Fahrer é reconhecido em vários países. 

É de sua autoria o mobiliário especial do Hotel Unique, em São Paulo. O lobby tem os bancos Victoria, selecionados pelos arquitetos Ruy Ohtake e João Armentano. O designer também desenvolveu cadeiras para o restaurante Sky, localizado no último andar do hotel. No Hotel Fasano, peças exclusivas foram desenvolvidas para o arquiteto Isay Weinfeld e Ana Fasano. Sergio também desenhou o mobiliário exclusivo das comedorias de várias unidades do SESC, com uso de materiais inéditos e sustentáveis - tubos de fenolite utilizados como assento e espaldar de cadeiras, bancos e sofás - em parceria com a designer Simone Mattar. Suas poltronas Charla estão no cenário dos programas de entrevista da GloboNews, além de fazerem parte do estúdio da IdFX, em Londres. 
Sergio também já foi convidado para participar de exposições no mundo inteiro. 
A contribuição de Sergio para a história do design brasileiro e internacional está registrada em livros como “Design Brasil - 101 Anos de História” (Brasil, 2010), “20 Designers Brasileiros: Os Mais Influentes da Atualidade” (Brasil, 2011), “IF Award” (Alemanha, 2007 e 2009) e Decor Year Book (Brasil, 2007, 2009 e 2010). O designer também já foi assunto de reportagens mundo afora. 


Alhambra Moveis

Praiamar Shopping - 
R. Alexandre Martins 80 - Aparecida - Santos / SP - CEP:11025-200








Loja Alhambra
Loja 304/307, 2º piso
Telefone
(13) 32734484







Em uma pequena entrevista com a dona: Lola Assaf, perguntei algumas coisas sobre a loja.

Quanto tempo tem a loja?
R: 31 anos

Quantos funcionários?
R:mais de 60 funcionários

Quais são os objetivos e conquistas?
R: A Alhambra, que atua no ramo moveleiro e de decoração já há 31 anos, tem como objetivo conquistar o consumidor, atendendo com excelência e respeito. Temos uma equipe que é treinada para atender com diferencial a cada cliente desde a venda ao pós venda. Pesquisamos várias linhas de produtos, dos melhores criadores e marcas do mercado nacional e internacional, sempre priorizando a qualidade. Os preços e planos de pagamentos são negociados antes de colocarmos os produtos a venda, para que nosso cliente tenha a possibilidade de te-los com um preço justo, isto se torna vantagem competitiva no mercado. Nosso trabalho se estende para a preocupação e a sustentabilidade do nosso planeta por isso estamos priorizando cada dia mais a preocupação ambiental na escolha das marcas a serem expostas nas nossas lojas.
Sobre as conquistas da nossa empresa a resposta é bem objetiva, é ver a satisfação dos nossos clientes, eles não compram só uma vez na Alhambra, após verem a seriedade e a responsabilidade que temos para com eles se tornam clientes fieis.

Qual é o foco e o segmento que se encaixa?
R:O foco é e sempre será o atendimento personalizado e diferenciado ao nosso cliente, temos o respeito para com o nosso cliente. Pesquisamos o melhor e o mais inovador em termos de design e qualidade. Negociamos o preço e assim  trazemos com exclusividade na baixada santista, produtos que vão de encontro aos diferentes gostos dos nossos clientes.

Algum premio na baixada?  
R: A Alhambra participa de todas as mostras de decoração desde a criação do primeiro evento, através dos arquitetos dos mais diferentes perfis. Esses eventos nos ensinam cada vez mais aquilo que o cliente busca na empresa Alhambra Móveis e a satisfação do nosso cliente, esse sim é o maior prêmio. 


Algum orgulho da loja em mostrar para o publico:
R: Trabalhamos desde o início com foco no cliente e para isso pesquisamos sempre o que há de melhor no mercado, seguindo as tendências globais. Nos orgulhamos de ter dentro do portfólio da Alhambra os mais conceituados criadores e as Marcas mais relevantes no cenário nacional e internacional e isso tudo com exclusividade para a baixada santista, assim cada vez mais atendemos nosso cliente de forma única desde a curadoria do produto, na venda e no pós venda.
Isso é o que fez e faz a história da Alhambra, uma empresa séria que tem responsabilidade e cuidado com o cliente, e a satisfação do cliente faz com que tenhamos orgulho e nos dá a sensação do cumprimento do nosso trabalho. 


Agora sim: Vamos falar do assunto principal....

O Workshop na Alhambra com Sergio Fahrer.



Curiosidades da palestra:

Art déco:
 foi um movimento popular internacional de design de 1925 até 1939, que afectou as artes decorativas, a arquitecturadesign de interiores e desenho industrial, assim como as artes visuais, a moda, a pintura, as artes gráficas e cinema.[1] Este movimento foi, de certa forma, uma mistura de vários estilos (ecletismo) e movimentos do início do século XX, incluindo construtivismocubismomodernismobauhausart nouveau e futurismo. A sua popularidade na Europa foi durante os picos dos loucos anos 20 e continuou fortemente nos Estados Unidos através da década de 1930. Embora muitos movimentos de design tivessem raízes em intenções filosóficas ou políticas, a Art Déco foi meramente decorativa. Na altura, este foi visto como estilo elegante, funcional e ultramoderno.
Representa a adaptação pela sociedade em geral dos princípios do cubismo. Edifícios, esculturas, joias, luminárias e móveis são geometrizados. Sem abrir mão do requinte, os objectos têm decoração moderna, mesmo quando feitos com bases simples, como concreto (betão) armado e compensado de madeira, ganham ornamentos de bronzemármorepratamarfim e outros materiais nobres. Diferentemente da art nouveau, mais rebuscada, a art déco tem mais simplicidade de estilo
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Aço: 
A fabricação de ferro teve início na Anatólia, cerca de 2000 a.C. tendo sido a Idade do Ferro plenamente estabelecida por volta de 1000 a.C.. Neste período a tecnologia da fabricação do ferro espalhou-se pelo mundo. Em, aproximadamente, 500 a.C., chegou às fronteiras orientais da Europa e por volta de 400 a.C. chegou à China. Os minérios de ferro eram encontrados em abundância na natureza, assim como o carvão. Atualmente a maior quantidade de matéria prima para produção de aço é a sucata proveniente dos resíduos de fabricação industrial.
E o aço foi inserido na humanidade como acessórios só em 1920. Com os talheres.

         ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Frase do Sergio: "Tudo surge a partir de uma necessidade"
 ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 


A peça escandinava aguenta 1000 kg


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 
Confiram mais aqui nesse link.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Fotos do evento:

Eu no meio de roxo












Helora Schlegel e Lola Assaf
Lola Assaf e Sergio Fahrer  
                                      





Agradecimentos:
Lola Assaf (Alhambra) pelo convite para o evento.
Sergio Fahrer (Designer) pela palestra e motivação
Roberta Sales (Evviva Bertolini) pelas inserção ao Club Design
Club Design pelas palestras orientadoras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares