sábado, 27 de julho de 2013

Oswald de Andrade - Intervenção na Faculdade Unisanta 2013

José Oswald de Sousa Andrade (São Paulo, 11 de janeiro de 1890 — São Paulo, 22 de outubro de 1954) foi um escritor, ensaísta e dramaturgo brasileiro. Era filho único de Jose Oswald Nogueira de Andrade e de Inês Henriqueta Inglês de Sousa Andrade.
Foi um dos promotores da Semana de Arte Moderna que ocorreu 1922 em São Paulo, tornando-se um dos grandes nomes do modernismo literário brasileiro. Foi considerado pela crítica como o elemento mais rebelde do grupo, sendo o mais inovador entre estes. Colaborou na revista Contemporânea(1915-1926)

José Oswald de Souza Andrade (1890-1954) Um dos principais literatos do modernismo no Brasil. Em 1916 deu inicio ao livro memórias sentimentais de João de Miramar. Em 1917 conheceu Mario de Andrade e a partir de então, passaram a trabalhar juntos iniciando movimentos que visavam a SEMANA DE ARTE MODERNA DE 1922.
Ainda em 1922, escreveu o romance Trilogia do Exílio. A partir de então, outras obras: Estrela do Absinto, a Escada Vermelha, Primeiro Caderno do Aluno de Poesia, etc.
No ano de 1924, Oswald lançou na Europa o movimento nativista Pau-Brasil. Para dar continuidade a este movimento, ele fundou em 1927, a revista de Antropologia com seu Manifesto.
Em 1926, casou com a pintora Tarsila do Amaral, e os dois se tornaram a dupla mais importante das artes brasileiras Antropofágico.
Com a crise da filosofia messiânica, passou a ser livre docente de Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo.
Além dos livros escritos por ele, Oswald de Andrade foi o precursor de perspectivas totalmente inexploradas pelo teatro brasileiro. 

----

Nesse trabalho precisávamos escolher e entender um personagem da literatura Brasileira, com mais de 100 anos. E homenageia-lo com um estilo na arte e fazer uma intervenção na Faculdade Santa Cecília.

Escolhemos um projeto simples mas objetivo.
Nas fotos abaixo, está o local de intervenção. A parede do primeiro andar, onde os professores e alunos acessam o 2° parte do bloco M.

Com as ideias na cabeça, precisava-mos colocar no papel para a provação do professor.



·       LOCALIZAÇÃO:
 Parede tem 2 metros por 2 metros, localizada de frente para um corredor do primeiro andar do bloco M. Em oposto ao trabalho anterior da intervenção das escadas com o tema: "Escadaria da Lapa - SP”

·       MATERIAIS:
Vidro 6mm lapidado + prolongador de metal 5cm – 50x70
Folha de Eucatex de 4mm x 1,20 x1,40
Adesivo colorido do quadro modernista 1,20 x1,40
Adesivo para o vidro de 50x70
Tinta amarelo bebê - Pote pequeno
Pincel e rolinho para pintura.
Fica crepe

·       Organograma de trabalho: – Desenvolvimento das etapas e entrega final (de preferência com planilha de desenvolvimento / datas).

Data
Situação
20/05/13
Discussão do Projeto e Protótipo
27/05/13
Aplicação dos itens da intervenção
03/06/13
Finalizar aplicação
10/06/13
Implantação do Projeto

Depois do estudo do projeto e aprovação do professor, fomos para a mão na obra.





Depois da primeira parte concluída, esperamos secar direitinho para aplicar a placa de eucatex.



A faculdade deu todo o apoio e a mão de obra para a aplicação da placa de eucatex.
Em seguida, a aluna Rita Gouveia, acompanhou a aplicação do vidro no eucatex e a aplicação do adesivo do rosto do nosso homenageado.





 O trabalho teve suas desventuras, mas foi bem finalizado, garantindo nossa nota para passar de semestre.



Universidade Santa Cecília
Expressão III – Gilson de Melo Barros
Helora / Isadora / Priscila / Nilma / Rita / Wesley


OSWALD DE ANDRADE


“COMO POUCOS, EU CONHECI AS LUTAS E AS TEMPESTADES. COMO POUCOS, EU AMEI A PALAVRA LIBERDADE E POR ELA BRIGUEI”.




Até a próxima postagem o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares